A estratégia genial por trás do sucesso do Air Jodan

Independente de gostar de basquete ou não, você com certeza já viu ou ouviu falar dos famosos tênis da Nike, os Air Jordan, que mesmo após todos esses anos de existência, continuam sendo o sonho de consumo de muitas pessoas.

Acontece que, em 1984, quando o tênis foi lançado, a Nike nem fazia parte desse mundo, pois as quadras eram dominadas pela Adidas e pela Converse. Para poder então competir com essas marcas, que já estavam consolidadas com os esportes, a Nike apostou em uma estratégia de marketing muito diferente das utilizadas na época.

Como todos os jogadores famosos do momento já eram patrocinados pelas concorrentes, foi preciso elaborar um plano para escolher um jogador diferente e que fosse ideal para a campanha. Foi aí que a empresa pensou em apostar suas fichas em um jogador calouro da liga de basquete, que era ninguém menos que o lendário Michael Jordan. Na época, ele ainda não era conhecido como é hoje, mas era ideal como o tipo de pessoa com a qual o público adolescente pudesse se identificar.

Mas não pense que atingir um público adolescente era a única ideia por trás da parceria, tem muito mais além disso. O foco da Nike sempre foi fazer o diferente e provocar as pessoas através disso, portanto, nada melhor que escolher um jogador calouro negro para vender uma nova linha de tênis para toda a população branca dos Estados Unidos. Você consegue imaginar quanto isso deu o que falar naquela época?

Logo no primeiro jogo em que Jordan usou o par de tênis, que levava as três cores do Chicago Bulls, vários adolescentes ficaram alvoroçados, apontando para os pés dele, mas pouco tempo depois, o modelo foi banido pela NBA por ir contra as regras da associação, que permitia apenas tênis brancos em quadra.

Que problemão para a Nike, certo?! Errado! A proibição foi excelente para a marca, que se aproveitou da situação para chamar a atenção de todos os veículos de comunicação esportiva e também do público ao simplesmente desrespeitar a regra, fazendo com que Jordan continuasse usando os tênis nas partidas. Eles arcaram com uma multa de 5 mil dólares por jogo, enquanto os Air Jordan eram o assunto do momento, transformando-se no modelo que todo mundo queria do dia para a noite.

Hoje em dia, como podemos ver, os Air Jordan não existem apenas nas quadras, mas em todos os lugares e com todos os tipos de pessoas, afinal, eles são muito mais que um tênis, são um ícone fashion que é desejado por, literalmente, todos os públicos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe esse post

Esse site utiliza cookies para melhorar sua navegação